Inversor e Homogenizador para amaciante de roupas (Agitador)

Agitador para amaciante de roupas
Para a fabricação de amaciantes de roupas em grandes quantidades é necessário um equipamento para fazer a agitação e dar uma melhor mistura dos componentes.

Embora se possa fabricar amaciantes têxteis em pequenas quantidades, quer em recipientes como baldes plásticos ou bombonas plasticas de boca larga utilizando uma pá grande de plastico ou aço inoxidável, para a produção de amaciantes em grande quantidade o processo manual se torna inviável na hora de agitar o produto.


Outro empecilho no batimento manual de produtos de limpeza é a demora para terminar o produto, como se sabe, amaciantes feitos com base para amaciantes têxteis demoram para se dispersar totalmente, o que atrasa o processo produtivo.

Com a aquisição de um agitador (para agitar) a fabricação demora menos tempo e o produto de limpeza produzido fica bem mais homogêneo. Embora se possa construir um agitador ou solicitar a sua fabricação em empresas especializadas na fabricação de tanques agitadores, sempre é bom ter uma noção de como funciona um sistema de agitação.

Além do tanque e do sistema agitador, vale a pena investir também em um inversor de frequência, alguns produtos não podem ser agitados em altas velocidades, pois pode ocasionar muita formação de espuma durante o processo ou o produto fabricado pode perder a sua consistência. Outro inconveniente é o derramamento do produto pelas bordas do tanque durante a agitação, caso a potencia do motor seja muito grande e a agitação atingida seja muito alta.

Para evitar uma agitação muito alta, o inversor de frequência é muito útil, pois com ele você pode controlar a velocidade da agitação, evitando muita formação de espuma, perda de consistência ou derramamento do liquido. O inversor de frequência é um equipamento que possibilita o acionamento de velocidade variável.

Caso o tanque agitador possua uma velocidade muito alta, considere a compra de um inversor de frequência para ter o controle da mistura. Como se sabe, nem todos os produtos de limpeza ou cosméticos podem ser fabricados em uma mesma velocidade de agitação, uns necessitam de agitação lenta, outros de velocidade moderada a alta.

Também durante o processo produtivo pode-se requerer velocidades alternadas, começando com agitação lenta e passando depois para a moderada, e no final exigir uma velocidade alta para a mistura. Esse processo pode ser exigido na fabricação de amaciantes que começam bem líquidos e com o avanço do processo ficam mais “pesados”, exigindo do equipamento uma rotação maior no final da preparação.

O mesmo acontece com detergentes e shampoos, que começam apenas com a água, sendo adicionados posteriormente os tensoativos que promovem muita formação de espuma. Durante esse procedimento inicial a velocidade tem que ser baixa, caso contrario o shampoo ou detergente se enche de bolhas. No entanto, durante o acerto da viscosidade o shampoo fica mais “pesado” e grosso, exigindo do equipamento rotações maiores durante a homogeneização final.


Equipamento utilizado para fabricação de detergentes líquidos, sabões líquidos, saneantes domissanitários, amaciantes de roupas, desinfetantes, água sanitária, limpadores multiuso, etc. Este equipamento pode ser utilizado para homogeneização, dispersão, dissolução, emulsão, diluição das misturas.

Vale lembrar que para a fabricação de produtos a base de cloro o ideal é que o tanque de agitar seja feito em material plastico, pois o cloro corroí tanques feitos em metal se ficar muito tempo em contato. O que se pode fazer é agitar e depois descarregar o produto em outro recipiente plastico, promovendo uma limpeza posterior para evitar a corrosão do equipamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.