Assine nossa Newsletter para receber novos artigos!

Formula Kit para fazer shampoo perolado

Como fazer shampoo perolado para lavar cabelos

Formula de Shampoo perolado ou shampoo com brilho pérola para lavar os cabelos, possui em sua composição um agente perolizante que deixa o produto final com um aspecto “sofisticado”.

Receita de shampoo para cabelos sem a adição de corantes fica branco “leitoso” e com brilho perolado. Esta formula apresenta um visual de sofisticação se comparado ao xampu transparente.
Para adquirir o kit, visite a página abaixo:
Kit – Shampoo com brilho pérola

Conteúdo do kit – Formula – receita para fazer 10 litros de shampoo perolado para cabelos:

Material Quantidade Unidade
Lauril éter sulfato de sódio 3000 gramas
Amida C ­ 90 300 gramas
Base perolada 300 gramas
Anfótero 300 ml
Conservante: Koralone LA 10 gramas
Solução de ácido cítrico 100 ml
Essência 50 ml
Corante qs

Como fazer a formula – receita do shampoo perolado para lavar cabelos:

Em 6 litros de água adicionar o lauril éter sulfato de sódio, mexendo para homogeneizar e adicionar a amida.

Para total dissolução da amida é preciso ir mexendo aos poucos em intervalos de 10 minutos até os grumos serem totalmente dissolvidos.

Em seguida adicionar o koralone LA, a base perolada, o anfótero, a solução de ácido cítrico o corante na quantidade desejada e a essência.

Desejando o shampoo mais viscoso, diluir em 300 ml de água uma colher de sopa de sal de cozinha e adicionar no produto aos poucos sob agitação até atingir a viscosidade desejada.

O sal em excesso turva e deixa ralo o Shampoo. Use­ o com cuidado fazendo um pequeno teste em um copo do produto, verificando assim se o produto suporta mais sal.

Ao manusear produtos químicos use avental, luvas e óculos de proteção.

Obs: O corante fornecido com o kit não corresponde a quantidade exata, coloque aos poucos até atingir a

coloração desejada.
A fórmula apresentada é orientativa e precisa ser manuseada por pessoa habilitada, ficando responsável pela observância das disposições legais, quanto as exigências das normas de fabricação e comercialização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.