Como montar fabrica produtos de limpeza

Dicas para montar fabrica de produtos de limpeza (domissanitários)
A concorrência no setor é muito grande e existe várias multinacionais no setor que dominam o mercado.
No entanto, há pessoas e empresas que necessitam de produtos de limpeza de qualidade e que não se importam com marcas que dominam o mercado, mas sim com um produto de qualidade.

Geralmente, no inicio pode ser recomendável iniciar com uma linha de produção estabelecida, fabricando cerca de três ou quatro produtos e depois ir aumentando gradualmente a linha de produção.

Os produtos iniciais pode ser desinfetante, amaciante de roupas e água sanitária. O detergente liquido lava louças também pode ser um produto inicial, no entanto, esse produto tem um custo alto devido às matérias-primas utilizadas em sua composição. Para que o detergente fique com um preço bom e acessível, as matérias-primas devem ser adquiridas no atacado, em grandes quantidades.

As embalagens utilizadas também aumentam muito o custo de produção, para isso pesquise fornecedores de embalagens com preços acessíveis.
Comece com um negocio pequeno e depois vai aumentando a linha de produção conforme a demanda e aceitação do consumidor.

Sempre teste as formulações, faça pequenas amostras e entregue para parentes, vizinhos e verifique a aceitação do produto.
Para competir com as grandes do setor é fundamental que o produto tenha qualidade, além de preço acessível ao consumidor.

Ter concorrentes que dominam o mercado de produtos de limpeza não evita que a sua empresa venha a crescer, mas pode reduzir as condições de exito do seu empreendimento.
Para que o produto de limpeza tenha qualidade é importante que as matérias-primas sejam de qualidade e boa procedência, profissional habilitado na elaboração do produto e instalações adequadas conforme exigências da Anvisa para o setor.

Existe uma legislação específica para o setor de fabricação de produtos de limpeza, para obedecer essa legislação você precisa registrar os seus produtos e seu estabelecimento deve ter a autorização de funcionamento, caso contrario a fabricação de domissanitários (desinfetante, amaciante de roupas, água sanitária, detergente, limpador multiuso, ceras, limpa alumínio, limpa vidros, etc.) será atividade clandestina e você pode sofrer as penalidades da legislação.

Será necessário a solicitação de serviços de um contador, para dar consultoria em relação aos aspectos fiscais e tributários na implantação da fabrica.

Verifique junto ao Corpo de Bombeiros a respeito da vistoria no estabelecimento, necessária para a liberação do “Alvará de Funcionamento”.

As instalações para o funcionamento devem obedecer as exigências da Anvisa.

O estabelecimento para a fabricação dos produtos de limpeza deve ter espaço para equipamentos, armazenagem de matérias-primas e produtos acabados, sanitários e vestiários.
As paredes e os tetos das instalações devem ser lisos e impermeáveis, permitindo a lavagem dos mesmos.

O piso das instalações deve ser antiderrapante e impermeável, e que possa ser lavado e sanitizado facilmente. O piso deve suportar o tráfego de pessoas e equipamentos.

A empresa deve adquirir equipamentos e utensílios fabricados em aço inoxidável ou outro material que não venha a prejudicar a qualidade do produto.
Para a fabricação de produtos de limpeza a base de Cloro, deve se utilizar equipamentos feitos em polietileno ou outro material que seja adequado.

A empresa precisa de área para refeitório, vestiários feminino e masculino, área de descanso para os funcionários.
Caso trabalhe com materiais tóxicos, explosivos e inflamáveis, será necessário uma área especifica para esses produtos.

A empresa também precisa de instalações adequadas para a armazenagem de matérias-primas, material de embalagem e produtos acabados.
Os equipamentos e utensílios utilizados na produção dos produtos de limpeza devem ser mantidos sempre em bom estado de conservação e funcionamento, para isso deve possuir uma equipe de manutenção.

Após a manutenção nos equipamentos, eles devem ser inspecionados, limpos e sanitizados, antes de serem utilizados novamente no processo produtivo.

A fabricação de produtos de limpeza, como detergentes, amaciantes, desinfetantes e água sanitária não é um processo complicado. Não é necessário a aquisição de equipamentos sofisticados para a produção.
Geralmente, os equipamentos mais utilizados são:
Balanças
Agitadores
Reatores/tanques de agitação
Recipientes feitos de aço inoxidável
Recipiente/agitador com camisa interna para o amaciante de roupas (caso o amaciante seja feito no processo a quente).
Equipamentos para analise no laboratório (controle de qualidade).
Para a produção de produtos de limpeza é necessário que o empreendedor ou responsável técnico tenha conhecimentos de química, sendo necessário que tenha um químico acompanhando todo o processo produtivo.

Deve possuir um laboratório de controle de qualidade, este laboratório será responsável para efetuar as análises químicas da matéria-prima e do produto fabricado.
O laboratório de controle de qualidade da fabrica de produtos de limpeza deve ter equipamentos adequados, pipetas, pHmetro, provetas, balança analítica, becker, balões volumétrico, erlenmeyer, etc.

É importante que tenha o alvará de funcionamento (localização), para isso a prefeitura deve ser consultada.

Na minha opinião a maior dificuldade na abertura no ramo de produtos de limpeza ou cosméticos e´as exigências da Anvisa para o setor.
Todos os produtos, substâncias ou preparações que acabam com as sujeiras, germes e bactérias, usados na limpeza e conservação de ambientes e objetos, devem ser regularizados/registrados/notificados na Anvisa.
Estes são apenas alguns detalhes, para maiores informações, sempre procure entrar em contato com a Vigilância Sanitária do seu município.

17 comments on “Como montar fabrica produtos de limpeza

  1. Anônimo

    boa dica, boa mesmo pretendo entrar nesse ramo e essas dicas foram muito importante para mim

    Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      A fabricação de produtos de limpeza ou cosméticos para a venda em lojas e supermercados é regulamentado pela Anvisa.Para produzir é necessário ter empresa estabelecida e regulamentada pela Anvisa, dependendo do produto a ser fabricado pode ser um técnico em química como técnico responsável pela empresa.Mas o empresario não precisa ser formado, desde que ele contrate um responsável técnico.Para a fabricação com empresa regulamentada e necessário um bom investimento com instalações e equipamentos, portanto faça uma visita no Sebrae e na Vigilância sanitária para maiores esclarecimentos sobre a legislação e exigências para a abertura do negocio.Obrigado pela visita!

      Resposta
  2. Anônimo

    Existe alguma forma de poder vender produtos bem rotulados tendo já um tecnico responsavel antes de arrumar toda documentação na anvisa?

    Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Eu não aconselho a venda de produtos de limpeza no comercio sem antes ter a documentação aprovada na Anvisa.Mesmo que sejam bem embalados e rotulados, serão classificados como produtos clandestinos.

      Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Segue abaixo o link para acessar a formula de solupam diluição 1 x 40:Fórmula para fazer solupam diluição 1 x 40Para fazer 1 x 20, e para o intercap não disponho de formulação.

      Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Você pode pesquisar artigos, portarias, resoluções no site da Anvisa.As portarias e resoluções sofrem mudanças, portanto, o melhor é pesquisar no site artigos atualizados.Outro recurso para quem esta começando é obter assessoria de empresas ou profissionais que prestam esse serviço, orientando sobre o que é necessário para a empresa estar dentro das exigências para a fabricação. http://www.anvisa.gov.br

      Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Primeiramente, procure orientações na vigilância sanitária do seu município sobre as exigências da Anvisa para o setor. As instalações devem ser adequadas, com salas para a manipulação, estoque de matérias-primas, área de pesagem, etc.Esse é um ponto que dificulta muito a abertura da empresa, pois requer investimento na infraestrutura para se adequar.Depois veja um técnico responsável (químico), equipamentos (tanques de agitação, material de laboratório para analise de matéria-prima e produto acabado, balanças, etc.).Registro ou notificação de produtos, pode ser você mesmo ou empresa de consultoria.Depois de ver a parte de legalização (Anvisa, na prefeitura, no corpo de bombeiros, etc), veja se é possível a abertura do empreendimento.Algumas pessoas optam por terceirizar a produção, veja também essa opção.

      Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Os equipamentos (agitadores, tanques, envasadoras, etc.) você pode visualizar nos sites abaixo:fenoquimica.com.brerli.com.brPara pequenas quantidades (até 100 litros) os produtos podem ser feitos manualmente, em bombonas plasticas de boca larga, baldes plásticos, etc.Para agitação não utilize pás de madeira que deixam resíduos, utilize pá de plastico reforçado.Você encontra outros fabricantes de equipamentos na Internet, também pode pedir para fabricar segundo as suas necessidades, caso haja alguma empresa na sua região.Balanças de precisão, viscosímetros e vidrarias de laboratório (pHmetro, vidrarias, etc.) você encontra em empresas de equipamentos para laboratórios.

      Resposta
  3. Anônimo

    Para realizar os testes do controle de qualidade é preciso ser tecnico ou o técnico pode orientar e uma pessoa com treinamento basico realizar?

    Resposta
    1. José Marcos Autor do post

      Dependendo do tamanho da empresa e dos produtos que ela fabrica, o responsável técnico pode ser um técnico em química ou um químico. Embora pessoas possam ser trinadas para fazer os testes de controle, o correto é que quem trabalhe com as analises físico-químicas tenha pelo menos a formação técnica em química.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.